Tratamento Natural Para Conjuntivite, Higiene dos Olhos

Acho que todos se lembram quando no inicio de 2011 ocorreu um grande surto de conjuntivite no Estado de São Paulo. Somente a cidade de São Paulo registrou mais de 119 mil casos no primeiro trimestre.

O olho torna-se vermelho, edematoso, lacrimejante, com sensação de corpo estranho, às vezes com secreção. Essa é uma inflamação da conjuntiva ocular, membrana transparente e fina que reveste a parte da frente do globo ocular (o branco dos olhos) e o interior das pálpebras.

Uma vez que os sintomas apareçam, é necessário identificar qual foi a conjuntivite que você contraiu: A conjuntivite infecciosa é transmitida, mais freqüentemente, por vírus, fungos ou bactérias e pode ser contagiosa. O contágio se dá, nesse caso, pelo contato.

Outra é a conjuntivite viral geralmente é causada por um adenovírus, mas também pode ser transmitida por enterovirus tipo 70 (conjuntivite hemorrágica) e coxsackie A4 (conjuntivite hemorrágica).

A conjuntivite bacteriana caracteriza-se por ser purulenta. Geralmente são causadas por Streptococcus pneumoniae, Staphylococcus aureus e Haemophilus influenzae. Estes tipos são tratados com antibióticos tópicos de expectro ampliado (cloranfenicol, neomicina, etc).

A conjuntivite de inclusão é causada por Chlamydia trachomatis sorotipo D-K, pertencente ao trato genital do adulto.

• A conjuntivite fúngica é mais rara de ocorrer. Geralmente acontece quando uma pessoa é acidentada com madeira nos olhos ou utiliza lente de contato.

Se você esta impossibilitado de ir ao médico, então você pode começar o tratamento com a higiene. É utilizado gaze e água filtrada ou mineral, ou ainda soro fisiológico, para limpar as casquinhas que se formam em volta do olho.

Água burricada não é mais indicada pelos médicos para esse tipo de tratamento. Não deve ser tocado com a superfície das embalagens no olho ou pálpebra quando da aplicação, para evitar a contaminação das soluções (colírios e pomadas);

No caso do agente causador, o médico poderá prescrever um tratamento com antibiótico (em caso de bactérias), antifungo (em caso de fungo) ou antiviral (em caso de vírus), que será diferente consoante o tipo e o grau de resistência do agente que causa a doença.

Para amenizar o sofrimento e o ardor, existem alguns tratamentos naturais, como por exemplo, todo mundo sabe que a camomila possui um efeito calmante, por isso compressa de chá morno de camomila, pode acalmar a ardência.

Lave os olhos pelo menos 3 vezes ao dia com água burricada morna, isto irá ajudar a amenizar os sintomas. Pingar soro fisiológico nos olhos, costuma amenizar a ardência. Pingue algumas gotas de leite materno recém retirado dos seios, alivia os sintomas e evita a progressão da doença.

Boa Sorte!


1 comentário em “Tratamento Natural Para Conjuntivite, Higiene dos Olhos”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.