O Brasil ser alvo de piadas não é ser relevante

O portal G1 da Globo.com mostrou uma reportagem sobre o comentário de o pesquisador brasilianista Joseph Page dizendo que piadas como do ator americano Sylvester Stallone demonstra uma maior relevância do país no cenário internacional.

O comentário do estudioso brasilianista Joseph Page é somente uma tentativa de mudar, mais uma vez, o comportamento dos brasileiros.

O que não faltam são história mostrada na televisão de pessoas que chegam ao nosso país buscando primeiramente o turismo sexual, pois acreditam que aqui temos uma cultura de promiscuidade. Houve o caso de um estrangeiro que desembarcou no aeroporto internacional e em pleno saguão começou a trocar sua roupa. Quando a policia foi pedir explicações ele simplesmente disse que sempre se falou que no Brasil essa atitude era normal, pois aqui as pessoas andavam seminuas. Esse é mais um dos fatos já relatados pela televisão e pelos boletins de ocorrência.

Não devemos nos conformar com esse tipo de comentário racista, preconceituoso e com essa visão distorcida.

O maior problema do Brasil é a falta do “se dar ao respeito”.

O senhor Joseph Page aparentemente não teve nenhuma relação de respeito e cuidado perante essa Nação, por isso acredita e escreve esses comentários. É inadmissível que o país se conforme com esse posicionamento e credite isso a “boa politica externa”. Podemos oferecer mais do que macacos de presente.

Estamos e sempre estivemos sendo mal vistos.

Já começamos uma ligeira mudança através da retaliação, pela internet, ao que a ator Sylvester Stallone falou. Porém pelo que se vê precisa-se mais, muito mais.

Nós que temos começamos a mudar o conceito de liberdade de expressão através da rede ( e através das rede sociais), em que podemos mudar até o curso de uma Eleição Presidencial como no caso de Marina Silva, precisamos levantar a bandeira da Moralização do Brasil.

Precisamos impor respeito.

Comenta ai.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *