Comprar Eletrônicos sem Impostos, Aeroporto de Guarulhos – Fnac

Nada mais constrangedor que os impostos que pagamos nos produtos adquiridos fora do Brasil. O imposto sobre a importação de produtos estrangeiros começa desde um simples viajante que traz produtos pessoais, muitas vezes, até à amigos. Sendo assim, a importação de mercadorias estrangeiras sobre a bagagem de viajante procedente do exterior é fato aqui no País. Mas e se alguém, ou alguma loja pudesse comercializar isso sem repassar essa diferença para o bolso do Brasileiro? Acreditem se quiser – A Fnac esta fazendo isso diretamente do Aeroporto de Grarulhos.

Veja bem, a novidade é simples. É que a loja da Fnac (www.fnac.com.br) passa a contar com uma extensão dentro do O aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo. Ali se venderá produtos sem impostos para todos os passageiros de voos internacionais, funcionando como um free shop.

iphone, fnac, sem impostos

O principal resultado é o barateamento das compras, fato que movimentará tanto o mercado interno como o externo a partir do principio de poder comprar tais mercadorias as claras, sem constrangimentos e escusas. Nesse sentido nas compras realizadas dos EUA, por exemplo, serão itens que estarão livres das taxas tributárias dos dois países. E melhor que isso, o consumidor poderá pagar em real, dólar e euro.

Endereço da Loja

Bom, se você esta no Aeroporto Internacional de Guarulhos, você pode conferir de perto, dentro da própria loja. Para localiza-la vá ao Terminal 3, na chamada área restrita do embarque. De dentro da loja será possível comprar um iPhone 5S 16 GB por US$ 649 (R$ 1438). A economia é exorbitante. Ao invés dos R$ 2.799 cobrados nas mesmas lojas da Fnacs espalhadas pela cidade. Outro produto em evidência é o Chromebook da Samsung a R$ 800 e PS Vita a R$ 458 também saem mais baratos.

As compras serão taxadas na entrada do país da mesma forma que os produtos vindos do exterior: cada pessoa terá os primeiros US$ 500 em compras isentos de taxas, benefício que se estende a produtos de utilização pessoal, como roupas, celular e máquina fotográfica. Melhor que isso é que a Fnac trabalha por abrir uma loja na parte pública do aeroporto, assim como na linha 6 do metrô, que ainda não foi criada. Boa Sorte, E que venham mais e mais!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *